KINA MAUA N'PANGO

Kina Maua N'Pango, Artista

KINA MAUA N'PANGO

Biografia


 

Nasce em Maio de 1970 em Quimbele, Uíge - Angola. Kina Maua N'pango é a primeira neta do SOBA SUABUCA do Cuango - Uíge e segunda de onze irmãos.

Em 1972 deixa a sua terra natal acompanhada pelo pai, vai viver para Luanda onde permanece até a primavera de 1974.

O clima de insegurança político no País faz com que fuja com a família para a República Democrática do Congo, onde acaba por viver num campo de refugiados na periferia de Kinshasa á espera de transferência para um lugar seguro. No Outono do mesmo ano através da cruz vermelha internacional apanha o avião e emigra por terras de Fernando Pessoa, (Portugal).

Neste país a família estabelece-se e Kina Maua faz os seus estudos frequentando o liceu linguístico até ao décimo primeiro ano de escolaridade.

É nessa época que estudando ''Os Lusiadas'' nasce em Kina Maua um amor secreto pela arte e por tudo o que a envolve.

Nos finais dos anos 80 a artista suspende os estudos para ajudar o pai na gestão do restaurante da família na localidade turística da barragem de Idanha-a-nova deixando para trás o desejo de frequentar a escola de belas artes em Madrid. Nesse período recolhe materiais nas obras da construçao civil, assim como tintas, madeiras, areia, cimento e cal que marcam o inicio a sua experimentaçao artistica.

Chega a Suíça aos 21 anos de idade onde se casa e do enlace matrimonial nasceram as suas duas filhas.
Sara Samara (1993) e Lisa N'pango (1995). A maternidade exalta a criatividade artística dando força ao seu desejo de retomar o caminho abandonado anteriormente. Nesse período explora diferentes técnicas, realiza trabalhos em tela, ráfia e gesso, dando forma as suas primeiras obras em relevo.
Em 1996 o trágico falecimento do pai aos 47 anos de idade leva a artista a mergulhar num período de grande desconforto. A tristeza dá origem a obras com uma forte identidade Africana, com o título "RAIZES".

Nos finais dos anos 90 a artista inicia o seu percurso de exposições. A primeira apresentação das suas obras foi abençoada pelos hospedes da casa de repouso de Acquarossa na Suíça, dando seguimento na galeria da fotografa Agneta Tusch em Mendrisio, para mais tarde em 2003 expor na biblioteca do palácio das Nações Unidas de Genebra.

Aprendeu a falar cinco idiomas e aos 30 anos deu inicio a sua pesquisa pessoal sobre as filosofias da vida. Frequenta estúdios de pintura, escultura, caligrafia, arquitectura e musico - terapia. Aprende as técnicas e os segredos da arte de criar e dar vida a própria intuição. É no seu atelier ''DREAMS'' de Lugano - Suíça que a alquimia das preceções se transformam em criações artísticas.

PERCURSO DE ESTUDO

(2000-2001) Atelier de pintura e escultura GIANFERRARI, Cresciano-Suíça
(2003-2005) Art-director Galeria KINA MAUA, Claro-Suiça
(2004-2006) Musica-terapia,ROGERIO CELESTINO,Pescara-Itàlia
(2007-2008) Marketing e comunicaçao-SWISS MARKETING, Manno-Suiça
(2007-2009) Estúdio de Arquitetura BELLAGAMBA, Milão-Itália

Desde 2013 tem vindo a colaborar com os ministerios da cultura e do Ambiente de Angola.

fb